CRM 36322
ginecologia e obstetrícia
imunologia da reprodução
medicina fetal

notícias

Aborto de Repetição   mar.2007

O site do ginecologista e professor livre docente de obstetrícia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Ricardo Barini, traz informações detalhadas sobre o diagnóstico e tratamento do aborto de repetição, um problema que, segundo ele, afeta 2% a 5% das mulheres em idade fértil.

Aborto de repetição discutido em site   mar.2007

O site do ginecologista e professor de obstetrícia da Unicamp Ricardo Barini traz informações detalhadas sobre o diagnóstico e tratamento do aborto de repetição, um problema que, segundo ele, afeta 2% a 5% das mulheres em idade fértil.

‘Vacina do marido’ pode evitar aborto   fev.2007

Foram quase quatro anos e três tentativas frustadas de ter um filho. Por três vezes, a despachante Valéria Reis Paiosin, de 30 anos, engravidou. E em todas perdeu o bebê antes de chegar ao terceiro mês de gestação. Mas isso é passado.

Assegurando o sonho de ser mãe   jan.2007

Depois de sofrer dois abortos e perder uma filha cinco dias após o parto, a comerciante Cecília Stafocher, de 32 anos, iniciou uma peregrinação de médico em médico. Determinada a ter um bebê, não aceitava ouvir que ´não tinha problemas´.

VACINA DE MARIDO, A RECEITA DA UNICAMP CONTRA O ABORTO ESPONTÂNEO   dez.2006

A principal causa de abortos espontâneos, comuns nos três primeiros meses de gravidez, é a rejeição do sistema de defesa do organismo da mãe devido às características do embrião que vieram do pai, segundo um estudo feito na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

Aborto espontâneo tem alteraçõesimunológicas como principal fator   dez.2006

Entre 2% e 5% das mulheres em idade fértil sofrem abortos de repetição, um problema caracterizado pela interrupção natural e recorrente (duas vezes ou mais) da gestação antes da 20ª semana. Entre essas gestantes, a maioria esmagadora apresenta alterações de ordem imunológica.

Hormônios HCG e LH têm função sinérgica   dez.2006

Em entrevista ao Diário da Região, o professor Ricardo Barini, ginecologista e professor da Universidade de Campinas, explica melhor a função do hormônio HCG no organismo da gestante e seu papel na infertilidade.

Aborto de repetição pode ser tratado com vacinas   dez.2006

O primeiro estudo brasileiro que mapeou as causas possíveis de aborto espontâneo recorrente, realizado no Ambulatório de Perdas Gestacionais - CAISM/UNICAMP, foi publicado na última edição do ano da São Paulo Medical Journal, revista científica publicada pela Associação Paulista de Medicina.

Professor da Unicamp discute aborto em curso internacional   nov.2006

Ricardo Barini, professor doutor da disciplina de Obstetrícia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, será um dos destaques do IV Curso Internacional de Diagnóstico Pré-Natal de Anomalias Congênitas e VII Encontro Nacional de Medicina Fetal, que ocorre entre 2 e 5 de novembro...

VACINA DO FATOR IMUNOLÓGICO IMPEDE ABORTO DE REPETIÇÃO   out.2006

Um estudo que será publicado, em breve, numa revista científica, deverá trazer um alento para mulheres que querem ser mães e não conseguem sustentar a gravidez até o fim, a exemplo do que acontece com a empresária M.E.R., 42 anos, que há dez anos espera a oportunidade de ter um filho.

Consultório Campinas-SP:
Rua Antonio Lapa 280 sala 305, Cambuí CEP 13025-240 Veja o mapaDownload PDF
Fone/fax: 19 3294 5807
Consultório São Paulo-SP:
Rua do Rocio 423 Cj.312, Vila Olímpia CEP 04552-000 Veja o mapaDownload PDF
Fone/fax: 11 3846 2409
®2010 Dr. Ricardo Barini - Todos os direitos reservados.
criação: guto lacaz - desenvolvimento: zinga / rota01